2

Textos sobre surdos

   Neste espaço postarei textos, artigos e teses sobre Surdez , Inclusão e tudo que interessar a vocês que buscam por uma luz na EDUCAÇÃO DE SURDOS. Espero pode contribuir ainda mais com vocês. É só clicar nos títulos abaixo:




Idéias de grandes autores da Educação de Surdos

    Fernandes afirma que , ouvir muitas vezes pode atrapalhar a aprendizagem da escrita. A criança pode apresentar dúvidas quanto a palavras como beleza (com s ou com z?), chá ( x ou ch?) e hoje (por que com “h”?). Para o letramento de surdos, a ausência do som traz maior prazer à aprendizagem da leitura e da escrita, pois assim a criança não precisa passar pela angústia da elaboração das construções sonoras das palavras e o letramento acontece de forma mais rápida. A escrita para as crianças surdas é o caminho para a aquisição de regras gramaticais, assim como a fala é o caminho para crianças ouvintes. A escrita, por sua vez, é adquirida através da exposição, através de recursos que desenvolvam a memória e o pensamento visuais do surdo.

No processo de letramento da criança surda, o som deve ser dispensado, pois não é necessário ao desenvolvimento do domínio da língua. Embora persista a idéia de associar letra a som, som a letra no processo de letramento, essa concepção dificulta a aprendizagem, tirando o prazer da criança surda de entrar no mundo da escrita e da leitura. Fernandes (2003)

Para os ouvintes, a leitura apresenta, pelo menos em algum nível, relação com os sons das palavras. Para os surdos, entretanto, essa relação não existe, a língua escrita é percebida visualmente, não há associação entre sons e sinais gráficos. Assim, a aquisição da L2 para os surdos acontece de forma silenciosa, graficamente, através de instrução sistemática. QUADROS (1997)



Segundo Fernandes (1990), é fundamental o acesso à Língua de Sinais o mais precocemente possível pois a dificuldade do surdo em adquirir linguagem oral nos primeiros anos, traz consequencias para o seu desenvolvimento mental, emocional e sua integração social.

Conhecer o mundo pela visão significa desenvolver um código visual com o qual os surdos associam significado e significante a partir das informações visuais que extraem do meio.
Shirley Vilhalva


















2 comentários :

  1. se fosse para comentar sobre este Blog as palavras não caberiam aqui portanto deixo claro que este é um dos melhores em conteúdo e graça, Nelinha está de parabéns...Aos Surdos e Intérpretes de Libras recomendo esta page para esclarecimentos de duvidas...Abraço Nelinha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada querida! fiquei muito emocionada com seu carinho que bom que bom gosta do meu trab! abraços e continue conosco temos o canal no you tube trabalhando com surdos.

      Excluir

O que achou do Blog? Deixe sua mensagem!

 
Voltar ao Topo da Página