11

Quem sou eu


Marinélia Soares

 
     Pedagoga ouvinte apaixonada pela educação de Surdos, trabalho com surdos há 11 anos. Iniciei meu trabalho com surdos como voluntária , já atuei como intérprete de Língua de Sinais. Professora de todas as séries em escola de surdos, professora itinerante, ministrante de cursos de Libras e Oficinas na área de surdez. 

   Trabalhei de 2010 a 2011 na Sala de Apoio Pedagógico à Inclusão, no Núcleo de Apoio Pedagógico - CAS no Estado do Acre, atendendo a professores de escolas inclusivas que não contam com a presença do profissional intérprete, onde os alunos não sabem LIBRAS. Esse atendimento é realizado no planejamento com o professor da sala de aula: produzimos Recursos Didáticos e atividades mais ilustradas para contemplar a dificuldade de comunicação desses alunos. Além de ministrar Palestras e Oficinas.

   Estou há 2 anos trabalhando em SALA DE RECURSOS com o ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO.

   Meu objetivo com o Blog é trocar experiências com profissionais que se deparam com alunos surdos nas escolas regulares ou não.

Contato: 



11 comentários :

  1. adorei..seu blog também sou intérprete e este ano vou trabalhar na sala de recursos, suas ideias são ótimas....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada visite tb nossa pagina no YOUTUBE com o nome nome do Blog. Abraços

      Excluir
  2. Marinelia Soares, sou um grande fã do seu trabalho e um grande admirador também, estou a vários dias tentando falar com você, mas perdi seu número quando roubaram meu celular. Então, se quiser me mandar seu numero novamente, ou se quiser me ver sabe aonde me achar. Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Marinelia, Boa tarde sou aluna de Nutrição e escolhi fazer Libras como Disciplina opcional ,hoje no final do semestre posso disser que sou totalmente apaixonada Por LIBRAS gostei muito do seu Blog,hoje venho te agradecer por ter me ajudado durante o semestre e tmbm quero saber como faço p trabalhar com surdos ???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Dhanyelle aqui no Acre, o campo de trabalho que temos é Educacional, sendo assim são escolas normalmente buscam por Licenciados, não sei informar como funciona em outros estados.

      Excluir
  4. Olá Marinelia,sou professora e estou fazendo pós em Da/Surdez, gostaria de saber mais sobre esse projeto da notícia.... Você tem essas informações?
    http://g1.globo.com/ac/acre/noticia/2013/05/escolas-terao-que-implantar-libras-como-disciplina-curricular.html?utm_source=facebook&utm_medium=share-bar-desktop&utm_campaign=share-bar

    ResponderExcluir
  5. Ola Taise, tenho sim, trabalho neste projeto. Ele funciona desde 2012, a iniciativa partiu de um TAC Termo de Ajuste de Conduta firmado entre o prefeito e secretario de Educação Municipal de Rio Branco- Acre, onde a prefeitura se compromete a ensinar LIBRAS nas escolas do municipio. O presente documento diz: A melhor forma de se quebrar a barreira da comunicação entre ouvintes e não ouvintes é a universalização da Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS, para que todas as pessoas, ouvintes ou não, desde tenra idade, possam se comunicar;
    Estabelecendo assim que a Universalização da Língua de Sinais se dará através do ensino da Libras para TODOS OS ALUNOS DO ENSINO PÚBLICO, independentemente de serem ou não deficientes auditivos. Sendo assim a parti de julho de 2012 se inicio o projeto Escola Acessível Caminhos para o Bilinguismo, inicialmente com 4 escolas e hoje estamos atendendo 30 escolas contando com 10 professores de Libras ouvintes e 7 surdos. As oficinas acontecem uma vez na semana em cada sala com duração de 30min. Toda escola participa, a gestão da escola organiza um cronograma p que todos os funcionários assistam as oficinas e ao final do ano os mesmo recebem um certificado de participação, o que incetiva a aprendizagem. Os professores recebem formação, orientação e acompanhamento da Equipe do Centro de Apoio ao Surdo- CAS/Rio Branco, que funciona dentro da Secretaria Municipal de Educação- SEME. O trabalho ainda é muito novo, mas muito bem aceito pelas escolas, que este ano iniciamos o trabalho na Educação Infantil e Escola na Zona Rural nossa meta para o ano que vem será 40 escolas. Bem acho que é isso, qualquer dúvida é só perguntar. Abraços

    ResponderExcluir
  6. Muito bom esse blog, estou no curso de intérprete como faço pra ser voluntária?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, isso depende de cada cidade, e de instituição. Você pode se apresentar e falar do interesse de prestar o serviço como voluntária. Exite em escolas os AMIGOS DA ESCOLA, mesmo que informal. Seria interessante se informar. Abraços

      Excluir
  7. Preciso de ajuda, preciso identificar comportamentos inadequados de um aluno surdo e maneiras de corrigir esse comportamento, pensei em agressividade e desinteresse, mas preciso de algo mais

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Guilherme a falta de comportamento dos surdos normalmente vem da falta de comunicação em casa, devido os pais não saberem falar com os filhos não passam os valores para os mesmos. Ficando como papel da escola assumir esse papel. Se o aluno ainda n adquiriu a Língua de sinais o caminho é ensinar. Sempre mostrando atitudes certas e erradas, com imagens e vídeos para facilitar a compreensão do estudante, e se ele já possui e mesmo assim continua agressivo, o ideal e fazer um estudo de caso junto com a família e escola, e buscar ajuda de um profissional como psicologo que saiba libras ou até mesmo assistente social, é importante o trabalho em equipe. Espero ter ajudado. Abraços e continue conosco

      Excluir

Obrigada pela sua visita não esqueça de deixar seu comentário!!!

 
Voltar ao Topo da Página